MULHER BOMBA

em processo | Bebel Frota - PI

JUNTA - FOTOS P FACEBOOK - MULHER BOMBA
SEXTA 10 DE JUNHO 16H
local: Escola de Dança
Lenir Argento
ingresso: gratuito
classificação: livre

Mulher Bomba parte de questões entorno do corpo como arma, da iminência de morte e do medo que esta causa. Morrer é uma luta solitária, talvez a maior de todas. Qual é a nossa luta?
A mulher é uma construção, um “deve ser” mais que um “pode ser”. É um corpo que vaza, que passa, que atravessa. Uma empatia com a Nina Simone, um medo como condição da existência. A permanente iminência de um estouro.
Mulher Bomba é um soluço, um engasgo, um entalo, um por vir, um grito que se repete. A morte é sempre a morte do outro e o sujeito é sempre o primeiro a morrer.
A desesperança é uma coragem.

FICHA TÉCNICA:
Concepção e performance: Izabelle Frota

Izabelle Frota é intérprete e criadora em dança contemporânea. Em 2008 começou a integrar o Núcleo do Dirceu e, em seguida, o Galpão do Dirceu até sua conclusão em janeiro de 2016. Nesse período criou obras com Marcelo Evelin, Jacob Alves, Sheila Ribeiro, Júlia Barsdley, Elielson Pacheco, etc. Como criadora concebeu trabalhos como “cacos de porcelana” (2008), “você compra inteiro ou quer por partes?” (2009), “maquiada” (ação no projeto 1000 casas, 2012/2013), “bucetário” (2013), “rasha show” (et al., 2014). Atualmente, trabalha artisticamente de forma independente.