CRISE, DEVASTIDÃO E RESISTÊNCIA: O QUE NOS AJUNTA?

conversa | Thereza Rocha - RJ

2 JULHO 15h
local: Sesc Campos Sales
duração: 4h
ingresso: gratuito – mediante inscrição antecipada
lotação: 100 lugares

“Crise, devastidão, resistência: O que nos ajunta?

Um festival de dança contemporânea é uma espécie de hélice ao mesmo tempo centrípeta e centrífuga, em torno da qual uma circunstância de dança pode se formar. Mais do que um lugar, um festival é uma oportunidade de encontro, de discordância, de partilha, de resistência; um território temporário necessariamente político; um espaço nunca consensual, dado o motivo dissensório que lhe dá razão: a contemporaneidade na dança.” Thereza Rocha, com estas questões, conversa com o público do JUNTA o que nos junta em torno deste Festival.

Thereza Rocha é pesquisadora de dança, diretora e dramaturgista de processos de criação. Doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO. Mestre em Comunicação e Cultura pela ECO|UFRJ. Tem formação em teatro pela CAL/RJ e, em dança, pela Escola e Faculdade Angel Vianna. Professora dos cursos de Dança da Universidade Federal do Ceará onde coordena o grupo de pesquisa CNPq QUINTAL: dança, pensamento, outras dramaturgias e regimes de dizibilidade. Coautora da quase-instalação Máquina de Dançar, junto com Maria Alice Poppe (SESC Pompeia/SP, 2016 e Espaço Cultural Sérgio Porto/RJ, 2014). Coautora do livro Diálogo|Dança (SENAC, 2012), junto com Márcia Tiburi.